ESTRUTURAS CERÂMICAS TERNÁRIAS

1 - Cerâmicas ternárias são aquelas constituídas por três diferentes tipos de íons. Em geral, têm-se dois tipos de cátion e um tipo de ânion.

2 - Como nas cerâmicas binárias, os íons menores, geralmente os cátions, ocupam os interstícios dos íons maiores.

3 - Quando os íons menores possuem tamanho aproximado, este íons podem ocupar o mesmo tipo de interstício. Entretanto, quando seus tamanhos diferem significativamente, eles devem ocupar diferentes tipos de interstícios, adequando seu tamanho com o tamanho do interstício que ocupa.

4 - Este mesmo “princípio de construção” de estruturas cristalinas com três diferentes tipos de íons emprega-se a estruturas com mais de três tipos de íons. Os íons menores ocupam interstícios dos íons maiores, correspondentes a seus tamanhos. Nestes casos, supõe-se que mais de um tipo de íon tenha tamanho aproximado. Estes ocuparam o mesmo tipo de interstício.

5 - É possível que nem todos os interstícios de um dado tipo estejam ocupados.

6 - A neutralidade elétrica de toda a rede e a existência de forças elétricas majoritariamente atrativas entre íons vizinhos devem ser observadas.

7 - A fórmula estrutural deste tipo de cerâmica é dada por , em que A e B representam os cátions, X representa o ânion, os índices estequiométricos são p, q e d e os números de coordenação dos respectivos íons são m, n e s.

8 - A tabela a seguir exibe algumas informações acerca de diferentes estruturas cerâmicas ternárias. 

Nome da Estrutura Exemplos
Espinélio FeAl2O4, ZnAl2O4, MgAl2O4
Olivina Mg2SiO4, Fe2SiO4, Al2BeO4, Mg2SnSe4
Calcita CaCO3, MgCO3, FeCO3, MnCO3
Perovskita BaTiO3, CaTiO3, SrTiO3, SrZnO3, SrSnO3, SrHfO3



Anterior | Índice Geral | Próximo